Innocents Abroad — A Surprise

On Tuesday evening, August 14, Vini and I arrived home after 44 days away. It had been two years since we had gone to Brazil, and boy was it time for us to visit.

It’s hard for me to explain what it’s like to go back. It brings me so much healing—physically, emotionally, mentally, spiritually. As my brain switches out English for Portuguese, everything else switches a little bit too. Going back centers me, and I am so thankful we had a chance to go when we did. Continue reading

Manning Park – #thegirltravels

Português

AF46E574-4F2F-416D-A2B5-673E06570B48

Last Thursday Vini and I decided we’d go camping for the weekend. We were disappointed our plans to go camping during the summer didn’t work out, so we thought ‘why not go now?’ At first, we were pretty skeptical it would work. We had our hearts set on visiting Manning Park, but the forecast kept saying it would snow up there during the weekend. By Thursday the forecast was for clearer skies and higher temperatures. We decided to risk it.

Continue reading

Post 2: Air Canada Maple Leaf Lounge

Essa semana passada enquanto esperava nosso voo para o Brasil, comecei a pensar sobre algumas dicas para quem for viajar neste final do ano. Quis compartilhar com vocês. Algumas das dicas abaixo são especificamente para quem estiver viajando de avião, porém várias podem ser usadas para qualquer viagem.

1) Um dos jeitos que achei para dormir é sentar bem pra trás no assento do avião, abaixar a mesinha em sua frente, por um travesseiro ou uma blusa em cima da mesinha e deitar a cabeça ali. Para quem consegue dormir no avião essa pode ser uma nova maneira para tentar descansar. 
2) Vá com roupas confortáveis e leve uma troca de roupa em sua bagagem de mão. Há pessoas que viajam com roupas sociais e “chique”.
Ai do lado passo eu…
andando pelo aeroporto vestida com um cobertor.
(Ta, técnicamente é um vestido de flanela super comfortável, mas que parece uma coberta de flanela parece. Admito.)
Nas primeiras vezes que viajei, me preocupava muito com o que vestia. Viajava com roupas passadas, botas com salto e roupas sociais. Acho que faz parte da cultura Brasileira–nos arrumar pra sair. 
Porém com o tempo já aprendi. Quando você viaja, voos atrasam, o que faz você precisar correr de um lado do aeroporto para o outro para pegar a conexão; malas extraviam ou voos são adiados deixando você só com sua bagagem de mão; aviões são desconfortáveis e certas roupas não ajudam a circulação; roupas amassam; e a temperatura do avião pode variar de Antártica a Deserto do Saara. 
Enfim, até achar a medida certa entre conforto e elegância–conforto é sempre o vencedor. Então em vez de sofrer na viagem, viajo com roupas confortáveis e levo uma muda de roupa na minha bagagem de mão. Nunca é uma má idéia levar roupas extras. Qualquer coisa que acontecer, você pelo menos tem duas mudas de roupa. Chegando ao seu destino, você pode trocar de roupa antes de sair do aeroporto. 
3) Água. Beba muita, muita, muita água. É impressionante o quanto o corpo da gente precisa de água no avião. Evite as opções carbonizadas ou com cafeína e escolha água.
4) Também recomendo óleos essenciais para relaxar. Não uso óleos essenciais com freqüência, mas desta vez que estávamos viajando tinha alguém no assento de trás que estava usando um óleo bem suave. Me ajudou relaxar só pelo cheiro. Alfazema é um dos meus preferidos.
5) Encontre paz. Faça uma oração; dedique tempo para respirar, meditar, orar, ler e relaxar. Mesmo que seja uns cinco minutos mas faça o necessário para encontrar pensamentos positivos e lembrar que vai dar tudo certo. Viajar é sempre um pouco estressante, porém no final do ano pode ser mais ainda. As filas serão longas, e crianças estarão chorando. Terá de enfrentar voos cheios, atrasos, surpresas, trabalhadores estressados (ou estressantes), e provavelmente até um pouco de turbulência. Mas você vai chegar, vai dar tudo certo e vai valer a pena. Então tente não se  estressar. O tamanho do estresse que você passa depende do tanto de estresse que você aceita.
O que você adicionaria a lista?

Visit to Rede Vida Studios.

Uncle D. he’s so cute.
Studio whose name I forgotted.

As I mentioned in my last post, my super fabulous uncle let me tag along with him as he and a couple of his coworkers spent an afternoon in São Paulo in two TV studios in order to promote a new line of health products. I was able to get a peek at behind the scenes work and “ahhhhh” it was thrilling. (Communication students get easily excited by this stuff.)

I got to stand behind the crew and before that I got to sneak around the host’s studio and stare at everything. It was pretty cool. I’m a curious person, so to be able to have the whole room for me to look around and discover was pretty exciting.

 
What did I get from the experience? So much, but here are 10 things that you might already know but were confirmed to me during my visit:

1. TV people are super busy.
2. TV people are people. They are super people, but still people.
3. TV studios are amazingly versatile. One medium-sized studio can become six sets.
4. There might be a lot of glamour on TV but behind the scenes it’s simply a lot of hard work.
5. Some people are born to be on TV–born to arrive and host.
6. Others are born to crack the whip and keep everything going on time and on schedule.
7. Others are born to provide what the host will say, others to film, others to answer phones and e-mails and others to watch. Thing is, everyone has their part.
8. What happens to all the food that appears on TV as props? It goes out into the hallway with little plates and anyone passing by can take some. So you can walk down the hall and boom! fresh fruit banquet. Nom.  
9. Trays with wheels. Lots of them. All the time. Everywhere. When one comes in another goes out to get set up and then it goes back in and switches places with the other tray and so on.
10. TV is an incredibly fast paced environment. Not only is everything timed and things must air, start and stop on time, but the content that is presented has to be content that will only be discovered next week, however the media has to be onto it already.
Have you ever visited a studio? Are you in the TV business or know someone who is? Would you agree with my 10 things or did I miss something?