Renovando a minha assinatura com a paz interior

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

“O teu trabalho é descansar em Mim”. Essa foi a frase de uma música que, nas últimas semanas, me fez refletir no que realmente significa “descansar em Deus” e o trabalho que essa simples frase demanda.

Como cristãs, somos ensinadas que, se você realmente confia em Deus, você não deveria sentir medo, ou tão pouco falta de paz, afinal, Deus fala “não temas” 365 vezes na Bíblia. Você já ouviu esse pensamento? Aposto que sim! Por isso, hoje quero te dizer algumas coisas, cara leitora:

  1. Estar em completa paz é algo trabalhoso;
  2. Tudo bem se você acha que é difícil descansar em Deus. Não é uma coisa óbvia para o ser humano; e 
  3. Tudo bem se você sentiu medo ao longo desse ano ou, talvez, ainda esteja sentindo agora.

Como seres humanos, sujeitas ao mal da ansiedade, iremos sentir medos e muitos deles serão irracionais.

Nos sentirmos culpadas por não conseguir confiar em Deus plenamente em alguns momentos, acaba dificultando o processo de encontro do descanso nEle, portanto, o primeiro passo é se libertar dessa culpa e reconhecer que você precisa de ajuda para encontrar essa paz. 

Imagino que você esteja pensando: “agora iremos ler alguns textos da Bíblia sobre como devemos confiar, ter fé e não sentir medo algum. Depois, vou ler algumas frases motivacionais que me farão sentir um pouco mais confiante e fim”. Sim, eu poderia listar vários versos para você agora, mas, hoje, meu objetivo é conversar de amiga para amiga. Quero te ajudar com dicas práticas de como alcançar a paz no seu dia a dia.

Mas, por favor, não pense que acho que sei de tudo. Muito pelo contrário! Travo uma batalha diária contra minha ansiedade e medos irracionais, portanto, o que vou te passar agora são dicas que pratico diariamente durante a minha luta para estar em paz. Feito esse “disclaimer”¹, vamos falar de coisas práticas. São três exercícios muito rápidos e que podem te ajudar muito.

1. Exercício do “Papelzinho Mental”

Costumo aplicar esse exercício quando algo está me deixando aflita. Sabemos que o único lugar onde tudo pode ser resolvido é nos braços do Nosso Pai, por isso esse exercício envolve pensar em Jesus. São 6 passinhos: 

  1. Pense no que está tirando a sua paz nesse momento;
  2. Anote em um “papelzinho mental”;
  3. Segure esse “papel imaginário” na sua mão, como se fosse uma pequena joaninha;
  4. Feche sua mão bem forte (muito forte) por 1 minuto (ou quanto julgar necessário para pensar), enquanto você reflete sobre tudo que envolve esse seu medo/problema;
  5. Ao final do tempo que julgar necessário, inspire pensando nesse sentimento; e
  6. Ao expirar, abra bem devagar a sua mão e imagine esse papelzinho voando para as mãos de Jesus (que está bem à sua frente). 

2. Escolha uma “Música da Crise”

Sabe aqueles momentos em que a ansiedade toma conta? Pois é! A ansiedade é uma doença psicossomática (psicológica com sintomas físicos), portanto, seus pensamentos acelerados podem te causar falta de ar, palpitação, tremores nas mãos, entre outros sintomas. Por isso, é importante desenvolver mecanismos de emergência para te acalmar, e um deles é a “Música da Crise”.Escolha uma música que te transmita paz. Vou te dar um exemplo. A minha música da crise é a “Sob Tuas Asas”. A letra dela é a seguinte:

“Sob Suas asas estou descansando,

Inda que é noite, confiante eu estou;

Sob Suas asas vou sempre abrigado,

Fui redimido e Seu filho já sou.

Descansarei, descansarei

Sob Suas asas benditas;

Ao Seu abrigo, pois, gozarei

Paz e alegria infinitas.”

Escolhida a sua música, é muito simples. Procure sentar ou deitar confortavelmente e então cante a música mentalmente, mas muito devagar.

Procure conciliar uma inspiração com uma frase e uma expiração com uma pausa. Vou te dar um exemplo:

(Inspire) Sob Suas asas estou descansando

(Expire)

(Inspire) Inda que é noite, confiante eu estou;

3. “O que estou pensando?”

Esteja ciente do que você está pensando. Esse é um dos exercícios mais difíceis. Para mentes ansiosas, controlar os pensamentos é uma das batalhas mais desafiadoras. Comece devagar. Pare de 2 a 3 vezes no dia para pensar sobre o que você está pensando. Se questione! “Por que estou pensando isso? Por que estou sentindo esse medo? Faz sentido?”. Lembre-se, você deve controlar seus pensamentos, e não o contrário. Portanto, se imagine dentro do seu cérebro, caminhando por todo ele e coletando seus pensamentos. Colocando ordem na casa mesmo! Com o tempo, você vai perceber que sua mente não será mais tão “desgovernada”.

Queridas leitoras, são apenas 3 passos para iniciar a renovação da sua assinatura com a sua paz interior. Não se entregue ao medo irracional ou à falta de paz durante esse ano! Decida trabalhar para descansar. Decida alcançar a paz e corra atrás dela em 2020. A paz tem nome, e o nome é Jesus. Eu garanto que Ele quer que você viva em paz e já preparou um ano lindo para você!

Até o nosso próximo encontro!

¹ A palavra em destaque, de origem inglesa, tem como significado aviso legal ou ressalva. Portanto, significa que, após essa ressalva, continuemos o assunto em questão. 


Evellyn Marques

Evellyn Marques

A Evy é formada em Ciências Econômicas pela UNESP e atua na área financeira de uma empresa de aviação brasileira. Mesmo amante dos números, ela adora conversar e compartilhar pensamentos com todo mundo, o que também a trouxe para o mundo da escrita! Desde cedo, ela se interessou por assuntos da mente, tais como: transtorno de ansiedade generalizada, fé, controle dos medos irracionais, linguagens de expressão do amor, entre outros. Ama a Deus acima de tudo, sua família com todas as forças e agora todas as leitoras que passarão por aqui!

2 thoughts on “Renovando a minha assinatura com a paz interior”

  1. Avatar

    Muito boa as dicas. Eu já pratico o exercício 2 e sempre me ajuda quando pratico. Parabéns pelas dicas. Recomendo ????????????

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Girl writes in journal
The Girl Writes é um espaço criado por mulheres para mulheres. Tudo em uma perspectiva baseada na fé. Não são necessárias adaptações. Saber mais.

Posts Relacionados

Reescrevendo minhas metas

Ah… as resoluções! Também conhecidas como objetivos, ou melhor ainda, metas. São as famosas listas que fazemos ao fim de dezembro, onde escolhemos quais sonhos

Ler Mais »
en_US
ru_RU pt_BR en_US