Quero receber a newsletter TGW!

Gabriel + Gabriela – Uma história de amor GG

A nossa história começou quando o WhatsApp era conhecido pelo nome de MSN Chat, e quando falar por Skype era um sonho. Eu, amante de todas as artes, sabia tocar uma música no piano e tinha uma foto parecendo uma pianista no Facebook, que foi tirada num congresso em Huesca na Espanha. O Gabriel deparou-se com a minha página e foi “enganado”, pois achava que eu tocava uma maravilha e decidiu olhar o meu perfil. Tudo começou com:

(Gabriel) – Hola…es un gusto escribirte. Me encantaría conocerte, soy Gabriel. Muy lindas tus fotos, en especial la del piano. Veo que también tocas violín. Tal vez podamos compartir experiencias o algunos archivos. Soy de Bolivia, no sé si entiendes lo que escribo, ¡espero que sí!!! También toco piano…Que pases bien, Bendiciones.

(Gabriel) – Olá… prazer em te conhecer, sou o Gabriel. Suas fotos são muito legais, principalmente a do piano. Vejo que você também toca violino. Talvez possamos compartilhar experiências ou alguns arquivos. Eu sou da Bolívia, não sei se você entende o que estou escrevendo, espero que entenda!!! Eu também toco piano... Se cuide, Bênçãos.

(Me) – Hola … yo me llamo Gabriela… en primeiro, muchas gracias … pero tengo que decirte que toco piano, violin y guitar de oido … no soy muy buenas jeje …Soy de Portugal y te entiendo muy bien, yo hablo con algunos amigos mios en malo espanhol … jejejje … pero sera un placer compartir experiencias o archivos contigo tu hermana es muy simpaica también. xau y q Dios te bendiga.

(Eu) – Olá… chamo-me Gabriela… primeiro, muito obrigada… mas devo contar que toco piano, violino e violão de ouvido… não sou muito boa hehe… sou de Portugal e te entendo muito bem. Falo com alguns dos meus amigos em Espanhol bem ruim... hehehe ... mas será um prazer compartilhar experiências ou arquivos com você. Sua irmã é muito simpática também. Tchau e Deus te abençoe.

(Sim, são essas as mensagens originais. O Gabriel fez um livro/enciclopédia das nossas conversas. O meu Portuñol era “maravilhoso” em 2010, como podem ver. Que vergonha!)

Conversávamos bastante, mas existia um porém… Eu nunca tinha sonhado em me casar, nem tinha pretensões de namorar alguém. Sempre fui teimosa, dona do meu nariz e paciência não é uma das minhas virtudes. Quando percebi que o Gabriel estava gostando de mim de uma maneira diferente, pensei que fosse melhor ele procurar outra moça que gostasse dele dessa forma, pois eu não estava interessada. Coitadinho, sofreu nas minhas mãos… eu fui mazinha com ele.

Mas ele surpreendeu-me, pois não desistiu de mim. Aquela cabecinha teimosa, mesmo sem me conhecer pessoalmente, decidiu que queria conquistar-me e não ia desistir. E assim se passaram 6 anos, com muitas histórias, desabafos, risos e lágrimas, até que me dei conta que ele tinha conseguido entrar na minha cabeça e coração de uma forma que eu não tinha planejado. Bom, chegou a hora de ver o que fazer, pois só tínhamos o Oceano Atlântico que nos separava.

Finalmente, escolhemos um lugar neutro para o nosso primeiro encontro: Espanha. Eu fui a primeira a chegar ao aeroporto e fiquei a espera dele que chegou acompanhado por suas irmãs: Raquel e Patrícia.

Quem me conhece sabe que eu sempre me vesti um pouco diferente e tenho um gosto meio “maluquito” e fui vestida com uma roupa muito “romântica”: chapéu preto, saia preta, um poncho parecendo uma capa preta e meias com padrões escuros. Mais tarde fiquei sabendo que o Gabriel se assustou e pensou que eu tinha virado fantasma, pois só se via metade do meu rosto. Mas rapidamente lhe passou o susto e após 6 anos de amizade, horas e horas partilhadas via Skype, mensagens infinitas por Messenger e WhatsApp, este boliviano brincalhão pediu esta portuguesa de cabelos desalinhados em namoro no dia 19 de outubro de 2015.

Agora, ficar distante um do outro era muito mais difícil! Pouco tempo depois, o Gabriel comprou uma passagem para eu ir conhecer a sua família e estar algum tempo com eles na Bolívia. Foi a minha primeira viagem para outro continente e estava super entusiasmada por conhecer outra cultura e estar com o Gabriel, claro, assim como nervosa, pois eu vinha de uma cultura e país diferentes e não sabia se a família dele iria gostar desta branquela copo de leite. Felizmente correu tudo bem e ganhei uma nova família, assim como um país que conquistou o meu coração.

Seis meses depois, chegou a hora do Gabriel vir conhecer Portugal e a minha mãe. Este menino travesso, quando soube que lhe tinham concedido o visto para viajar, ligou-me e disse que fora rejeitado e agora teria que esperar mais seis meses para tentar de novo. Quase tive um infarto! Mas, era brincadeira e em agosto de 2016 ele chegou a Lisboa (finalmente, aleluia!), foi como se a minha laranja ficasse completa.

Fomos passear pela cidade e ele viu que é possível derreter debaixo do sol; mas eu estava muito feliz de poder mostrar um pouco do meu mundinho.

Long distance and multi cultural Christian love stories

E foi aqui, em Portugal, que após ter-me proposto umas 108867526 vezes para casar com ele, em tom de brincadeira, ele falou sério (ou eu respondi sério) e a visita que era para durar 3 meses, virou 9 até casar comigo no dia 9 de julho de 2017 e perder a passagem de volta. ?

Já completamos 3 anos de casamento e ainda continuamos a ser duas crianças que adoram brincar, abraçar e rir juntas.

Siga as aventuras musicais do Gabriel e a Gabriela pelo Facebook e Instagram!

Aproveita e siga a Gabriela e aprecia suas fotografias artísticas também!

4 comentários em “Gabriel + Gabriela – A Love Story in G Major”

  1. Ellen Machado Feijó

    Eu já gostei de um rapaz, e o oceno nos separa, mas eu terminei com ele, para que ele encontre alguém e seja feliz no país dele.
    Uma vez disse para uma amiga: -” eu não aguento mais, quero pegar um navio”. Kkk

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar
Girl writes in journal
The Girl Writes is a space created by women for women. Everything in a faith-based perspective. No adaptations necessary. Learn more.

Related Posts

Talhados Por Deus

Todavia, Ele conhece bem o caminho por onde passam meus pés; se me colocar à prova, constatará que sairei puro como o ouro refinado”. Jó

LER MAIS »
Couple hugs at airport

6 Dicas para namoro a distância

Durante nove anos, separados por milhares de quilômetros, eu e meu esposo (Vinícius), cultivamos nossa amizade e eventual relacionamento, através das redes sociais: MSN*, e-mails,

LER MAIS »
pt_BR